Domingo no Carmelo [Domingo de Pentecostes]

Domingo no Carmelo [Domingo de Pentecostes]

2019-06-09 0 Por admin

Queridos amigos,

É com enorme alegria que partilhamos a edição desta semana do Domingo no Carmelo.

«Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós: Recebei o Espírito Santo»

«O Povo hebraico celebrava a Páscoa com a imolação do cordeiro e com os ázimos (…) e cinquenta dias depois desta celebração foi-lhe dada sobre o monte Sinai a Lei escrita com o dedo de Deus. Veio a verdadeira Páscoa e é imolado Cristo, que opera a passagem da morte para a vida (…) E cinquenta dias depois vem o Espírito Santo, o Dedo de Deus. (…) Dantes, o povo estava à distância, havia terror, não amor (…) Deus desceu no fogo sobre o Sinai, como está escrito, inspirando terror ao povo que estava à distância, e escrevendo com o seu dedo sobre a pedra, não no coração. Aqui, porém, quando vem o Espírito Santo, os fiéis estavam reunidos em conjunto. Não os assustou do monte, mas entrou na casa. De repente ouviu-se do céu um rumor como se se levantasse um vento impetuoso; houve estrondo, mas ninguém se assustou. Ouvistes que houve um estrondo, repara que também houve fogo. Porque sobre o monte havia uma e outra coisa, o fogo e o estrondo… Reconhece também o Espírito que escreveu não sobre a pedra, mas no coração. Com efeito, “a Lei do Espírito que dá a vida” está escrita no coração, não sobre a pedra;“em Cristo Jesus”, no qual foi celebrada a verdadeiraPáscoa, “libertou-te da lei do pecado e da morte” (Rm 8, 2)» (S. Agostinho, Sermão 155, 5-6).

Ó espírito de amor…

Dai a cada uma das nossas almas, esta beleza, esta grandeza, que sonhastes para elas desde toda a eternidade.
Nós Vo-lo pedimos humildemente, ó Pai Fonte de toda a luz, ó Jesus nosso Irmão, nosso Mestre, nosso Rei, ó Espírito Santo, Amor substancial, Arquitecto e artesão dos desígnios de Deus. Realizai inteiramente este pensamento de Deus.
Que nenhuma centelha deste amor que nos destinais fique inaplicada, mas desça sobre nós. Uni-nos a Vós. Entrevede já toda a nossa participação na vossa vida trinitária. Nela encontraremos a nossa felicidade, e sei que Vós também encontrareis nela uma glória, secundária é verdade, mas, na qual, sabereis entretanto comprazer-Vos.
Eis a oração que fazemos, ó Santíssima Trindade. É para vossa glória, vossa alegria, para a expansão da vossa vida trinitária. Assegurai a sua eficácia por uma nova infusão do Espírito Santo. Que cada dia, cada instante da nossa vida marque um crescimento da vossa infusão. E quando dominardes sobre cada um de nós daremos testemunho de Vós ali onde Vós nos enviais, como Vós nos enviais.
E neste apostolado do testemunho encontraremos a nossa razão de ser, ó Pai, ó Filho, ó Espírito Santo.
Considerai o que fizestes, e realizai inteiramente a vossa obra em nós, e por nós, em todos aqueles que introduziremos no mesmo desígnio de amor, na vossa vida trinitária, junto de Vós e em Vós. Amén.

Domingo-no-Carmelo-95-1