Primavera

Primavera

2019-03-20 0 Por admin

Primavera

Sozinho não teria posses para isto:
árvores e alamedas floridas
ao longo de mais de meia milha
a casa tintilante que o pardal
reconstrói com o martelo do bico
aquele quadrado de pólen
a marcha dos gansos atrás da guardadora
que lhes distribui alimento
pela primeira vez fora da cancela

na Primavera o vento ainda interroga
os frequentadores do parque
mas não é capaz de interromper-lhes
o sorriso

José Tolentino Mendonça

A Sagração da Primavera | Igor Stravinsky