Solenidade de São José

Solenidade de São José

2019-03-19 0 Por admin

Estimados amigos e leitores do nosso site,

Neste dia de grande alegria para a Igreja e para a nossa Ordem, desejamos a todos uma santa Solenidade de São José!

Santa Teresa de Jesus desenvolveu uma fortíssima relação com este Santo, tendo-lhe confiado a sua reforma.

No tempo de Santa Teresa a devoção a São José era uma devoção popular. O tema de São José é «carismático» em Teresa, pois com ele enriqueceu a espiritualidade cristã com a sua presença e participação no mistério da Encarnação como Esposo da Mãe de Cristo e como protector da Sagrada Família. «O mensageiro divino introduziu José no mistério da maternidade de Maria… e confiou-lhe os encargos (a missão) de um pai terreno em relação ao Filho de Maria… Ele recebeu-A com todo o mistério da Sua maternidade; recebeu-A com o Filho que havia de vir ao mundo… Ele aceitou como verdade proveniente de Deus o que Ela já tinha aceitado na Anunciação… Juntamente com Maria é o primeiro depositário do mistério de Deus… e participa na fase culminante da auto-revelação de Deus em Cristo». Teresa deve ter meditado muito na inter-relação das pessoas de Jesus, Maria e José e nas suas responsabilidades. «O Filho de Maria é também Filho de José, em virtude do vínculo matrimonial que os une… Maria é a humilde serva do Senhor, preparada desde toda a eternidade para a missão de ser Mãe de Deus; e José é aquele que Deus escolheu para ser o “coordenador do nascimento do Senhor”, aquele que tem o encargo de prover à introdução “ordenada” do Filho de Deus no mundo, mantendo o respeito pelas disposições divinas e pelas leis humanas. Toda a chamada vida “privada” ou “oculta” de Jesus foi confiada à sua guarda».

«O Senhor concedeu a Santa Teresa de Ávila, antes que a ninguém, o carisma josefino. Aos fundadores de outras Ordens religiosas concedeu outros carismas, mas Santa Teresa teve este muito acentuadamente, e os seus filhos e filhas vivem-no mui puramente».

«A originalidade do carisma josefino de Santa Teresa, entre o “velho” e o “novo” neste tema da vida e do pensamento cristãos, localiza-se no enriquecimento do “patronato” derivado em “presença” e em “paternidade” activa-passiva de São José».

«Ninguém com mais autoridade do que Teresa, que experimentou profundamente a protecção de São José, encareceu a eficácia “deste glorioso santo” a quantos caminhamos no claro-escuro da fé nas pegadas de Cristo».

S. José, homem justo, viveu de fé e confiança e abandono em Deus. A sua santidade, adquirida na proximidade da contemplação, adoração e «semelhança de amor» com o Verbo encarnado, manifesta-se no abandono total nas mãos do Deus bom e providente. «José, porque é um homem de féobedece, crê a aguenta todas as provações com alegria». Santa Teresa é depositária de um carisma josefino que transmitiu fielmente à sua família religiosa e toda a Igreja.

Ombra del Padre
Oratória a S. José da autoria de Marco Frisina pelo Coro Diocesano de Roma